Receba as atualizações do Blog

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cabelos Étnicos, como cuidar deles?

O post de hoje é dedicado as meninas que tem cabelos étnicos, cacheados ou ondulados e procura estabelecer cuidados básicos na hora da transição entre química e cabelos naturais tratados.
Em especial hoje contamos com a presença de uma amiga que vi florescer nos últimos anos!  Deixou os traumas de ter um cabelo "ruim" para ter um cabelo estiloso, bem tratado e natural.
A Noêmia trabalha na mesma empresa que eu e é mãe, dona de casa, profissional e super antenada nas redes sociais. Sim, super ocupada e agitada ela resolveu cuidar de si mesma nos últimos anos e mudou totalmente sua imagem e conquistou confiança e uma super alta auto estima.




Resolvi convidá-la para dividir sua experiência de transição capilar conosco nesse bate papo super descontraído e abaixo reuni 5 dicas que ela gentilmente compartilhou conosco. Vamos ver?

1 - Durante a transição faça hidratação, reconstrução e nutrição capilar. Mas qual a diferença?

Hidratação: ajuda a repor a umidade dos cabelos e combate o ressecamento dos fios. A hidratação prepara o cabelo para as duas próximas etapas.
Nutrição: nessa fase ocorre a reposição dos lipídios, gorduras e óleos naturais do cabelo. São usadas máscaras à base de manteiga, vitaminas e óleos vegetais. Alguns produtos mais usados para nutrir os cabelos são feitos com manteiga de karité, óleo de abacate, óleo de coco, óleo de argan, entre outros.
Reconstrução: é quando o cabelo readquire sua força natural. Os produtos dessa fase são à base de queratina, colágeno e aminoácidos.
O programa normalmente é feito em 4 semanas, acontecendo um revezamento nas máscaras capilares com finalidades diferentes, sejam para hidratar, nutrir ou reconstruir os fios. Sempre começa-se pela hidratação, que é o que vai preparar o cabelo para receber e reter os outros produtos. Só depois do cabelo estar hidratado é que se parte para as outras etapas.
O que é comumente indicado é que se faça 8 hidratações mensais, 3 nutrições e 1 reconstrução. É o chamado cronograma capilar oficial. O cronograma capilar pode ser feito em casa mesmo, mas o ideal é sempre consultar antes um profissional de cabelo, que irá identificar quais são as reais necessidades do seu cabelo. Fonte: http://dicassaudedamulher.com.br/



fonte:

 

2 - O que é LOC e como usar?

L líquido + O Óleo + C Creme ou ativador de cachos, é uma mistura que as donas de cabelos secos fazem para domar e hidratar os fios, você pode usar água, água de côco ou termal. Para o creme é preferencial que tenham base de manteigas (carité, bambu, castanhas, Macadâmia, cupuaçu,abacate, jaborandi, etc.). Para óleo pode ser qualquer um dos vegetais (argan, melaleuca, côco, ricino, joboba, oliva, uva, etc). 

A proporção é a seguinte: um copo de 180ml de água, meia colher de sopa de creme e metade de uma colher de café de óleo, para não ficar pesado.
Use um borrifador para preparar a mistura e, pela manhã, borrife sobre os cabelos espere uns minutos e penteie como você preferir. Isso hidrata os fios e evita que você tenha que lavá-los todos os dias. Ajuda muito os cabelos mais indisciplinados.

3 - Grupos de Apoio no Facebook:

Se você quiser saber ainda mais sobre os produtos, tem dois grupos no facebook que são exatamente para esse público e a Noemia recomenda;
Encrespa Geral (página): www.facebook.com/encrespageral
Cacheadas em Transição (página):

4 - Empresas e produtos que funcionam:

Kerastase
Bio Extratus
Amend
Revlon

5 - Empresas e produtos que você não indica:

Garnier
Gold Black
Tresemmé
Pessoal, isso não quer dizer que o produto é ruim, apenas não deu certo com meu cabelo. Quanto a profissionais, até para cortar seus cabelos é necessário se certificar que o profissional sabe fazer isso. Não pode cortar o cabelo molhado, lavar depois de cortado para testar o corte é "OK". Mas se o cara lavar seu cabelo antes de cortar, corra de lá...kkkk

Dica master da Noêmia:

"Não se envergonhe do tipo de cabelos que você tem e nem do momento da transição. Temos a sorte de estarmos num momento que o mercado de produtos para afros descentes está em expansão, e cabelos étnico representa a maior parte da população. Incentive suas filhas a se aceitarem, não permita que continuem nos rotulando, para sermos bonitas e aceitas pela sociedade não precisamos ter os cabelos alisados. Nos temos nossa beleza sim!" (www.facebook.com/noemia.ribeiromedeiros)

e quem quiser conhecer a No, pode adicioná-la no face! www.facebook.com/noemia.ribeiromedeiros

Ficou alguma dúvida, tem perguntas? Deixa aqui que vamos responder todas!

xOxO Cat Tomaz



0 comentários:

Google+ Seguidores